CIVITAS / São Paulo

CIVITAS / São Paulo

58.00

....

This richly illustrated monograph explores the city-building aspirations of the Brazilian modern masters through their buildings in São Paulo. Works by Vilanova Artigas, Lina Bo Bardi, Salvador Candia, Rino Levi, Oscar Niemeyer and Paulo Mendes da Rocha were designed in response to the chaotic growth of one of the world’s largest metropolises.

CIVITAS brings together for the first time a unique collection of nineteen buildings, proposing a fresh take on them through new photographs especially taken for the book and graphic elements re-drawn by the author. Some of the works are today references in the urban public space, underlining the contemporary relevance of this architecture.


Lina Bo Bardi
Oscar Niemeyer
Paulo Mendes da Rocha
Rino Levi
Salvador Candia
Vilanova Artigas

 

..

CIVITAS apresenta o desejo de construir cidade manifestado pelos mestres modernos brasileiros através dos seus edifícios em São Paulo. Obras de Vilanova Artigas, Lina Bo Bardi, Salvador Candia, Rino Levi, Oscar Niemeyer e Paulo Mendes da Rocha são desenhadas como resposta ao caótico crescimento de uma das maiores metrópoles do mundo.

Este livro reúne pela primeira vez um conjunto singular de edifícios, propondo uma leitura actual através de imagens inéditas e peças gráficas redesenhadas pelo autor. Parte destas obras são hoje os espaços de referência da cidade sublinhando a relevância contemporânea desta arquitectura.


Lina Bo Bardi
Oscar Niemeyer
Paulo Mendes da Rocha
Rino Levi
Salvador Candia
Vilanova Artigas

....

Quantity:
....Add to Cart ..Adicionar ao cesto

....

 

354 pages
30 x 22 cm
Hardcover
19 works
299 photos plates
104 technical drawings

ISBN 978 989 99485 3 2
Bilingual edition en-pt

Book concept, images and drawings by João Carmo Simões
Edition by Daniela Sá
Introduction by Paulo Mendes da Rocha

..354 páginas
30 x 22 cm
Capa dura
19 obras
299 imagens
104 desenhos técnicos

ISBN 978 989 99485 3 2
Edição bilingue pt-en

Autoria, Imagens e Desenhos de João Carmo Simões
Edição de Daniela Sá
Introdução de Paulo Mendes da Rocha

....


....

"You have to make yourself say: I know! It is easy to say no, that some other guy knows. So, what we are talking about here is the possibility of trying to show something whilst working within that confused and erratic context. It is about a building, on the small scale, endeavouring as much as possible to be a city. And that is what one can call architecture."
— Paulo Mendes da Rocha, Introduction

"This building embodies the worthy ideals of the day: I conceived it as the spatialisation of the ideal of democracy, in dignified spaces, without entrance doorways, as I wanted it to be a temple where all activities are welcome."
— Vilanova Artigas, FAU-USP

.."Você tem de se obrigar a dizer: Eu sei! É fácil você dizer não, que quem sabe é o outro lá. Aquilo de que se fala aqui é da possibilidade de, trabalhando dentro desse contexto confuso, errático, se tentar mostrar alguma coisa. Trata-se de, no edifício, na sua pequena escala, tentar ser cidade o mais possível. É a isso a que se pode chamar arquitetura"
— Paulo Mendes da Rocha, Introdução

"Este prédio acrisola os santos ideais de então: pensei-o como a espacialização da democracia, em espaços dignos, sem portas de entrada, porque o queria como um templo, onde todas as atividades são lícitas."
— Vilanova Artigas, FAU-USP.

....